sábado, 4 de maio de 2013

Maninho

 Caso houvessem dúvidas se temos o mesmo sangue, basta observarem-nos na rua ou ouvirem as nossas conversas. Temos o mesmo grau de estupidez e parvoíce. Não há melhor companheiro para avacalhar a coisa do que ele...

1 comentário:

Iva Araújo disse...

É exactamente o mesmo com o meu irmão! Tenho é vontade de o matar 335 dias por ano, o resto são férias :D