sexta-feira, 8 de março de 2013

Meter o nariz onde não se é chamado

No Pingo Doce cá da terra, os empregados sou um pouco narigudos...

Empregada: A menina está de dieta?
Senhora atrás de mim: Oh, estás raparigas hoje em dia com as manias das dietas! *olha de forma reprovadora para os artigos que estou a colocar no saco*
Empregada: Depois ficam doentes...
Eu: As senhoras vão-me desculpar mas vocês não têm nada que ver com o que eu compro ou deixo de comprar, ok? Uma pessoa já não pode ter problemas de saúde? Eu por acaso tenho que dar satisfações sobre a minha saúde?
Senhora atrás de mim: Ah, esse chá é para retenção de líquidos, não é? Muito bom!  Olhe e essas bolachas não têm mesmo açúcar? É diabética a menina?

Atena, inspiraaaaaaaaaa! Atena, expiraaaaaaaaaa! MAS EU NÃO TINHA ACABADO DE DIZER QUE NÃO TINHA QUE DAR SATISFAÇÕES? Vou começar a ir a outro lado...

5 comentários:

zimbora disse...

felizmente aqui ninguém se mete :)

Mais um blog de gaja disse...

num pingo doce? credo, isto vai mesmo de mal a pior :|

Iva Araújo disse...

Se fosse numa mercearia de bairro seria bem pior! As pessoas deviam preocupar-se com a vida delas e não com a dos outros... Mania

Logan disse...

terias sido mais esperta se não tivesses dito nada ou se tivesses dado uma resposta irónica, daquelas de as fazer calarem-se por vergonha. por acaso já apanhei uma empregada num pingo-doce onde costumava ir que tmb era assim mal encarada, parece que as escolhem a dedo eheh

Miguel Silva disse...

God como eu gosto de viver na cidade e ninguém dar opiniões nem fazer perguntas. xD

Um dia que tenhas de comprar preservativos ou uma cena do género cum caraças sai a noticia no jornal