sexta-feira, 21 de outubro de 2011

A minha definição de amizade

 A forma mais certeira de saber se eu considero alguém um verdadeiro amigo, ou pelo menos um bom amigo, é se eu convidar-te para vires a minha casa. Abro-te a porta, coloco-te à vontade, tento manter-te confortável. És ainda mais importante se eu apresentar-te à minha família e convidar-te frequentemente para almoçares ou jantares em minha casa. Se eu deixar-te mexer nos meus livros, no meu armário e na minha maquilhagem. Considera-te uma pessoa sortuda, ainda mais se deixar-te mexer no meu computador. Ainda mais sortudo és se deixar-te ver o que está dentro da caixa grande atrás da porta, a "Caixa das memórias". Se deixar-te pegar no meu coelho, confio em ti. Se fizer um bolo, só porque vens cá, é porque realmente gosto de ti. Se entras em minha casa, é por já és da família. Senta-te e faz de conta que estás em tua casa. 

5 comentários:

ângelasousa disse...

Gostei :)

Megan disse...

É uma óptima definição de amizade.

Miss Murder disse...

por acaso não sei se vejo a amizade assim, a minha casa é uma coisa muito minha não gosto de partilhar.

ângelasousa disse...

Eu já provei, quando a minha irmã foi à Suíça trouxe-me uma caixinha, mas agora mesmo quero ir a Paris comê-los :) São deliciosos!

Wild Things disse...

Concordo :)
PS: em relação ao Axl, o mais provável é ele aparecer lá mais vezes.. tenho uma mini crush pelo Axl nos seus trintas