domingo, 23 de outubro de 2011

Amor: as coisas difíceis de engolir.

Não, ele não era um canalha porque traiu, ou foi-se embora sem aviso, ou não te tratava como merecias, ou preferia estar a fazer algo em qualquer lugar do que estar contigo, ou não demonstrava que gostava, ou era bruto e insensível, ou não era romântico, ou não tinha paciência para te ouvir. Ele simplesmente não te amava.E é isto que não entendem. É mais fácil arranjar todas as desculpas do mundo, menos aceitar a verdade.É que quem ama mesmo está lá sempre, tem paciência, mostra, dedica-se, é fiel, tem sempre tempo para ti, mima-te, respeita-te.E isto pode acontecer a mim, a ti, ou a quem quer que seja. O Amor não é um contrato vitalício. Dói de caraças perceber isto, mas depois de se perceber, pode começar-se a apanhar os bocados e seguir em frente. Da autoria da Rosa Cueca (só podia). 

 Isto deixou-me a pensar. É a realidade, é lixado. Nem sempre temos os tomates para o assumir. Este foi um post para levar-me às lágrimas, mas depois pensei "Arrebita-me cachopa!". Fiquei a pensar no que não queria. Desta vez ninguém se foi embora, ninguém enfeitou a testa a ninguém, ninguém me tratou mal. Desta vez tomámos uma decisão. Decidi ser crescidinha. Decisão que custa imenso mas que talvez seja o melhor. Sim, talvez porque nunca temos a certeza nestas coisas. Ninguém faz ideia do quão detesto ainda pensar em tudo, lembrar-me de tudo, ainda estar a sofrer. Algo dia isto vai parar? Espero que sim. Mas vai ficar sempre um pequenino sentimento de amor (porque a amizade vai estar sempre lá) por ti, espero que não te importes.

3 comentários:

Rosa Cueca disse...

Não era minha intenção deixar-te a pensar, mas posso dizer-te que é tudo melhor quando as pessoas tomam decisões antes de fazer asneiras. Significa que gostaram mesmo e continuaram a respeitar o outro.

Megan disse...

Também li o post da Rosa Cueca, e fiz relação com o post que escrevi sobre "ele" ontem. :|

ângelasousa disse...

Adorei o que a Rosa Cueca escreveu :)
Acredita que um dia tudo irá passar...