quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

How to learn english:

 O meu padrasto está a tirar um curso de inglês  e não pesca nada de línguas. Hoje à tarde recebo uma sms dele a dizer "Hi, my name is Athena´s stepfather. What´s your name?", ao qual eu respondi obviamente em inglês. Estamos a ter um diálogo muito básico em inglês, portanto. E assim meus amores, ajudo o meu padrasto a treinar o inglês. Simple as nutella! 

3 comentários:

Logan disse...

nunca se é velho para aprender, tens de lhe dar uma mãozinha nisso :D

Carolina disse...

até há pouco tempo atrás só ouvia, essencialmente, grunge e rock alternativo, influências do meu pai desde miudinha; soundgarden, alice in chains, audioslave, stone temple pilots, screaming trees, nirvana para variar :p, smashing pumpkins, pearl jam (só os primeiros albuns), assim mais nessa onda.

houve coisas random que sempre ouvi por mim e não propriamente influenciada por ninguém, tipo pink floyd, radiohead, incubus, até johnny cash, tom waits (<3), leonard cohen, mais tarde the doors, led zeppelin, nine inch nails, iggy pop, bob dylan. cheguei a ter a minha fase avenged sevenfold há uns anitos, agora nem tanto.

há uns 3/4 anos descobri a música portuguesa graças a alguns amigos que na altura tinham bandas; ornatos violeta e daí veio foge foge bandido e todos os outros projetos do manel cruz, encontrei tara perdida, depois feromona, enfim.

a minha "casa" sempre foi o grunge e o meu coração continua a ser grunge, mas já "tolero" outras coisas e gosto de outras coisas; já ouço mais estilos, já ouço mais indie, que dantes não suportava; the echo friendly, the wombats, the strokes, ouço fine frenzy, cat power, pixeis e de vez em quando, na loucura, vou a marina and the diamonds, enfim, acho que dá para ter uma ideia e este comentário já está suuuuper longo ahah :p

e tu, o que costumas ouvir? :)

Miguel Silva disse...

Por vezes dá jeito ser o único mais ou menos fluente noutra língua, assim podes insultar as outras pessoas sem que elas percebam.

O problema é que fuck you, motherfucker e coisas do género já são muito conhecidas. Acho que vou ter de começar a aprender alemão ou mandarim mais cedo do que eu pensava.