quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Bichinhos

 Desde de que me lembro, a minha avó sabe sempre quando cheguei a casa dela. Salto a correr do carro e corro da eira para o coberto enquanto quase grito por ela, "Vó! Vó! Onde está?". E caso ela esteja dentro de casa diz sempre o mesmo já  sabendo a resposta "Calma! Eu já vou! Quem é?" ao qual eu dou sempre uma resposta aparvalhada, "O bicho papão!". Depois atiro-me sempre para cima dela e abraço-a. Toda gente sabe naquela casa que se ouvir alguém aos  gritos cá fora a chamar sou eu, coloco tudo sempre num alvoroço e tudo animado. Mas ontem ontem foi das raras vezes em que até a minha sair do carro, a seguir sai eu e fui a passo lento cabisbaixa até ao caminho entre a eira e o coberto. A minha avó já vinha ao meu encontro e não estranhou os meus olhos vermelhos, o meu coelhinho morreu ontem. Para alguns pode parecer estúpido mas se há coisa que eu amo são os meus bichinhos. Ontem cheguei a casa depois das aulas e como sempre corri para a gaiola para lhe fazer festinhas, depois caiu-me a ficha. Foi quando comecei a acreditar que ele tinha morrido, a realidade bateu-me. Chorei que nem uma maria madalena o dia inteiro, mas paciência. Para mim perder um animal é quase como perder uma pessoa. Cada vez que chego a casa ou subo/desço as escadas olho para o sítio onde estava a gaiola na esperança de o ver, mas não está lá nada.  Então ontem a minha mãe decidiu enterra-lo no jardim da minha avó e fazer uma espécie de funeral. Ironia, a minha avó enterrou o Tambor junto às roseiras favoritas da minha mãe e da minha árvore favorita, uma japoneira cheia de história de infância.Sei que se receber outro bichinho não  poderá substituir o meu coelho mas será bem vindo. Afinal uma lar sem animais, não é uma lar.

4 comentários:

Ana M disse...

oh, sinto muito :(
mas tens razão, um lar sem animais não é um lar.

Logan disse...

sinto muito pelo teu coelhinho :(

Iva Araújo disse...

Lamento a tua perda! Só um desumano é que não sente a perda de um animal de estimação, eles são os nossos companheiros e estarão lá sempre para nós ;).

Miguel Silva disse...

Eu sou todo pró-Natureza, ambientalista, tenho um jardim zoológico em casa (exagero xD) mas pronto tenho muitos bichos. Mas um coelho como animal de estimação não me cabe na cabeça, porque eles não fazem sons xb para mim um animal tem de se exprimir :) mas são gostos, eu cá prefiro coelhos estufados xb shit que insensível. Não a sério RIP ao teu coelho.

Pesquisa por DRAVE