terça-feira, 26 de junho de 2012

Isto é mesmo lixado, porra.

Tu és cruel comigo. Eu sei que não sou a pessoa mais simpática do mundo contigo, mas isso sou eu a tentar disfarçar que não és importante, percebes? Apesar de saberes há muito que és alguém essencial na minha vida, sem ti as coisas não tinham nem metade da piada que têm. Mas e tu? Porque és assim comigo? Gostava de saber...

1 comentário:

Ângela Sousa disse...

E que tal dares o braço a torcer?